| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Infonline Chopotó!
Desde: 13/04/2009      Publicadas: 92      Atualização: 15/11/2011

Capa |  Artesanatos e outras artes  |  Cadastramento de notícias  |  Cipotânea - Fatos & Fotos  |  Congada  |  Descobertas  |  economia  |  Escolas  |  Espaço e ideias  |  fatos & contos  |  História da Regiäo Xopotó  |  Mande sua notícia  |  Política e Projetos!  |  Reconhecimentos geografia etcs


 Artesanatos e outras artes

  06/10/2010
  0 comentário(s)


UAI " união, amor, inteligência o ABC dos Candongueiros - dados coletados em Cipotânea da sabedoria popular

"A felicidade caminha de mãos dadas para quem pratica o bem."
ABC dos candongueiros

A " Amor é palavra doce
Para mim é amargosa
Por causa dos candongueiros
Passo a vida tormentosa.

B - Benzinho não se acredita
Na língua do candongueiro
Tu deves considerar
Quem foi seu amor primeiro.

C- Cantos de reis me faria
Amando sem ser amada
Por causa dos candongueiros
Eu viva hoje desprezada.

UAI
D- Donzela por piedade
Não despreza quem te adora
Tu sabes que os candongueiros
Na minha casa não mora.

E - Eu não gosto de candonga
Nem também de ver mexida
Por te derramei meus prantos
Já te dou o resto da minha vida.

F " Fugir de ti, não fujo
De te deixar tenho paixão
Pega num punhal de ouro
Mata-me com sua mão.

G " Guarda seu coração
Que o nosso amor vem de longe
A candonga não é bela
Para quem tem peito de bronze.

H " Hoje faz quarenta dias
Que te vejo diferente
Toma coragem de novo
Que a candonga mata a gente

I " Ingrata sou, porque te amo
Perdões lhe pedem ligeiro
Consola o meu coração
Esqueça os candongueiros.

J " Já não posso mais sofrer
As marteladas no peito
Por causa dos candongueiros
Nem para andar, não tenho jeito.

L " Lavai meus olhos chorando
Meu coração lastimando
Meu amor arredando
E os candongueiros pitando.

M - Melhor remédio que existe
Prá língua dos candongueiros
Só ovo quente na boca desta tolice
Que é um golpe mais certeiro.

N " Não posso viver no mundo
Sem a tua companhia
Por causa dos candongueiros
Não te vejo há muitos dias.

O " Olha como sou pesarosa
Sofrendo magoas e dor
Por causa dos candongueiros
Tu desprezaste o meu amor.

P " Piedade deve ter
Quando me vê tão desprezada
Se recordar você
Do nosso tempo passado.

Q " Quero fazer, mas não posso
O meu coração não consente
Se for prá viver penando
Deus me mata de repente.

R " Razão eu tenho que queixar
E reclamar a minha vida
Por causa dos candongueiros
Vivo hoje arrependida.

S " Saudades que tenho ti
Eu não consigo falar
Por causa dos candongueiros
Passei a minha vida a chorar.

T " Toda vez que eu te vejo
Estremece-me o coração
Por causa dos candongueiros
Eu vivo uma grande paixão.

U " Único amor que tive
Pelo espaço voou
Por causa dos candongueiros
Fiquei sem o teu amor.

V " Vagando pelo espaço
Vai minha alma ferida
Por causa dos candongueiros
Sofri toda a minha vida.

X " Xorei muito e ainda choro
Quando me lembro de você
Por causa dos candongueiros
Eu vivo a padecer.

Z " Zelar por um amor perdido
Só aumenta o sofrimento
A minha felicidade
Foi soprada pelo vento.
FIM






Capa |  Artesanatos e outras artes  |  Cadastramento de notícias  |  Cipotânea - Fatos & Fotos  |  Congada  |  Descobertas  |  economia  |  Escolas  |  Espaço e ideias  |  fatos & contos  |  História da Regiäo Xopotó  |  Mande sua notícia  |  Política e Projetos!  |  Reconhecimentos geografia etcs
Busca em

  
92 Notícias