| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Infonline Chopotó!
Desde: 13/04/2009      Publicadas: 92      Atualização: 15/11/2011

Capa |  Artesanatos e outras artes  |  Cadastramento de notícias  |  Cipotânea - Fatos & Fotos  |  Congada  |  Descobertas  |  economia  |  Escolas  |  Espaço e ideias  |  fatos & contos  |  História da Regiäo Xopotó  |  Mande sua notícia  |  Política e Projetos!  |  Reconhecimentos geografia etcs


 Cadastramento de notícias

  29/04/2009
  0 comentário(s)


Queremos deixar aqui a crítica no prefácio "A Trajetória de Azambuja Calado" de Nezito Reis que relata fatos e casos, muitas vezes corriqueiros. São apenas fatos dos quais eu me lembrava da infância e da adolescência no córrego do Vai-Vem em Cipotânea.

Nota do Autor autorizado http://www.nezitoreis.com

Muitos dos que me conhecem e os amigos com os quais convivo no dia-a-dia, vivem me cobrando um livro sobre iluminação cênica. Acontece que, apesar de tantos anos de profissão como iluminador e outros tantos como professor de iluminação, achei que não era hora de fazer um livro sobre a minha profissão. Acabei por fazer este Trajetória de Azambuja Calado. Não se trata de uma autobiografia, também não se trata de minhas memórias. Eu até diria que se poderia tratar de meias memórias. Trajetória de Azambuja Calado procura relatar fatos e casos, muitas vezes corriqueiros. São apenas fatos dos quais eu me lembrava da infância e da adolescência. Fatos que ocorreram até um período pouco depois que cheguei a São Paulo. De lá para cá muita coisa aconteceu. Foram casamentos, filhos, netos, profissão, emprego, desemprego, viagens, retornos e uma infinidade de ações que por ora não estão aqui relatados. Se houver chance, daqui mais alguns anos, certamente novos fatos, estórias, casos, situações, etc., serão por mim descritos. Enquanto novo volume não vem, eu desejo boa leitura deste Trajetória de Azambuja Calado.

Você, caro leitor, poderá observar que não foi possível me reter apenas na infância e adolescência. Houve momentos em que fiquei empolgado e não consegui me segurar: relatei fatos recentes e assim fugi da idéia inicial. Você poderá dizer até que esses fatos não têm nada a ver. Também acho que não têm. Acontece que foram momentos de embalo profissional e dos escritos destas páginas que você tem em mãos. Então novamente desejo-lhe boa leitura.

Nezito Reis

Queremos deixar aqui a crítica no prefácio
Prefácio: Trajetória de Azambuja Calado

Ao percorrer a trajetória de Azambuja Calado o leitor, embora possa não se identificar totalmente com a mesma, certamente este caminhar acionará flashes em sua dormida memória e provocará projeção de imagens, ora alegres, ora tristes, mas sempre marcantes de sua própria trajetória de vida.

O autor, numa linguagem singela vai decifrando suas lembranças, acentuando fatos da infância, da adolescência, e do início da turbulenta fase adulta. Sem preocupar-se com a seqüência lógica de tempo, permite, no entanto, que o leitor vá aos poucos acrescentando aos fatos já relatados, novas e valiosas informações, recompondo e tecendo a rede de sua história.

A paisagem do interior de Minas Gerais, no lugarejo de Vaivém, junto ao Rio Brejaúba, serve de cenário para o percurso à infância - As mais doces peripécias, a caça ao tatu, as armadilhas para aprisionar o pobre e indefeso passarinho, a busca de aventuras ao embrenhar-se no mato. Esquecer, nunca: os brinquedos artesanais, liderado pelo carrinho de bois, o estilingue, o colorido das bolinhas de gude, a troca de figurinhas, a venda dos gibis.

A cultura, os hábitos e os costumes formam o chão da trajetória: acordar muito cedo, almoçar às dez horas, saborear o café da tarde às treze horas, às dezessete a postos para o jantar e com certeza "dormir com as galinhas". O encanto da luz da lamparina ilumina a passagem da fase da "camisola" para a fase da "calça curta", traje especial para a realização da primeira comunhão na igreja do lugarejo mais próximo, São Caetano do Xopotó.

As personagens vão desfilando: a figura paterna, o rígido Sr. Pereira, a protetora Tia Fia, a professora Tia Geralda, o Tio Arantes, a importância do único farmacêutico da região, o Sr. José Inácio de Carvalho, os avós, a doce figura da mãe. Todos oferecem elementos formadores da personalidade de Azambuja.

Da infância vivida principalmente com os avós ao retorno à casa dos pais em Barbacena marcam o início da adolescência. Precocemente o trabalho foi iniciado e com certeza serviu para que os valores se estabelecessem. A fuga para Juiz de Fora e a privação das mais elementares necessidades, aumentaram sua alegria ao retornar para casa e para o ambiente protetor: "a comida da minha mãe era a melhor de todas".

Já com vasta experiência em algumas atividades profissionais, ajudante de cozinha, serralheiro, cobrador de ônibus e o sonho, alimento da alma, de um dia vir a ser ator conduz a personagem para a cidade de São Paulo. Tudo se torna excessivamente difícil: violência, sexo, bebida, a luta pela sobrevivência vão adiando a realização do sonho. O uso da bebida leva a um desfecho inesperado. Todos os fatos são alavancas para escancarar o mundo vivido por Azambuja Calado. Sem nostalgia vão se projetando desejos, sonhos que podem ser também de muitos brasileiros.
Sonia Cavalheiro Borghi
Educadora


  Web site: http://www.nezitoreis.com  Autor:   http://www.nezitoreis.com


  Mais notícias da seção Literatura diversa no caderno Cadastramento de notícias
18/04/2009 - Literatura diversa - O Poeta Adailton Moreira nascido no município de Cipotânea MG escreve no Xopotó sobre a Lua cara. Veja a atualidade do cara capaz..
O poeta Adailton Moreira nascido no município de Cipotânea é fundador do jornal caverna mineira e atuante cultural ativo na regiäo. Ele mora em Rio Espera engajado em várias atividades artísticas na Zona da Mata Mineira. Trabalhou em Catas Altas da Noruega, Itaverava com grupos de teatro e festival de congada. Com todo o orgulho o jornal vale do Xo...



Capa |  Artesanatos e outras artes  |  Cadastramento de notícias  |  Cipotânea - Fatos & Fotos  |  Congada  |  Descobertas  |  economia  |  Escolas  |  Espaço e ideias  |  fatos & contos  |  História da Regiäo Xopotó  |  Mande sua notícia  |  Política e Projetos!  |  Reconhecimentos geografia etcs
Busca em

  
92 Notícias