| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Infonline Chopotó!
Desde: 13/04/2009      Publicadas: 92      Atualização: 15/11/2011

Capa |  Artesanatos e outras artes  |  Cadastramento de notícias  |  Cipotânea - Fatos & Fotos  |  Congada  |  Descobertas  |  economia  |  Escolas  |  Espaço e ideias  |  fatos & contos  |  História da Regiäo Xopotó  |  Mande sua notícia  |  Política e Projetos!  |  Reconhecimentos geografia etcs


 Reconhecimentos geografia etcs

  08/08/2009
  0 comentário(s)


Geraldo Barroso, natural de Cipotânea, escreveu dois livros com referência a sua cidade natal. "Foram escritos com uma visão sem compromisso histórico, mas sem faltar com a realidade. É a minha visão da cidade". Trata-se das obras: "Cipotânea, Uma Históri

Republicamos o texto do conterrâneo e esperamos contatos e contribuicoes. O médico dermatologista, pesquisador e escritor, Geraldo Barroso, vai lançar em breve seu mais novo livro: Meu Santo Protetor. A obra traz ilustrações do artista Edson Brandão e apresenta os principais santos da Igreja Católica e as doenças contra as quais eles trabalham. No livro o médico mostra, em tom irônico, que não comunga da idéia de que santos possam curar doenças. "Eu dou uma alfinetada na crendice, que é diferente da fé", explica negando que exista uma relação entre o sobrenatural e as doenças contraídas pelo homem.

O aspecto particular do livro, segundo o autor, é que, apesar do objetivo de contestação, permite diferentes interpretações. "Eu mostrei a um padre e a um bispo. Eles leram e aprovaram. Depois, um herege, meu conhecido, leu também e se divertiu com as minhas críticas."

Nas páginas do Meu Santo Protetor, o médico narra a seu modo a história de cada santo, faz um breve relato da doença da qual o santo protege ou cura, e oferece uma oração em quadras de sete sílabas. Esse livro seria um capítulo de uma outra publicação que está sendo revisada pelo autor. Mas, pelo tamanho e coerência, o trabalho teve força para ser editado de forma independente.

Geraldo Barroso, natural de Cipotânea, escreveu dois livros com referência a sua cidade natal. Sua cidade natal
Geraldo Barroso, natural de Cipotânea, escreveu dois livros com referência a sua cidade natal. "Foram escritos com uma visão sem compromisso histórico, mas sem faltar com a realidade. É a minha visão da cidade". Trata-se das obras: "Cipotânea, Uma História Alegre" e "Coisas do Xopotó". Este último é uma reunião de contos sobre fatos que aconteceram em Cipotânea " cujo nome deriva da palavra Xopotó " e que fazem parte do anedotário local.

Geraldo Barroso pesquisa doença do Aleijadinho
Uma pesquisa de relevância científica e histórica foi a que o médico dedicou à doença do Aleijadinho e que resultou no livro Doenças e Mistérios do Aleijadinho, atualmente na segunda edição, pela Editora Lemos. Para fazer este trabalho, Geraldo Barroso exumou dos ossos do artista.

Ele teve de pedir licença ao Patrimônio Histórico e à Cúria da Arquidiocese de Mariana para ter acesso ao material. O pesquisador ficou seis meses analisando as relíquias e fez o primeiro trabalho de paleopatologia para verificar o tipo de mal ou males que acometeram o artista. A pesquisa sobre Aleijadinho deixou margens para concluir que ele teve também uma outra doença, chamada porfiria.

Depois desse trabalho seminal, o médico recebe convites para participação em congressos e para palestrar sobre o tema, o que mostra a repercussão do trabalho entre acadêmicos e cientistas.

História social da lepra
Geraldo Barroso dedicou-se à pesquisa não somente científica e histórica, mas que revela também o lado social da lepra, uma doença mutiladora relacionada ao preconceito e ao terror no passado. "Reis, Papas e Leprosos" alerta sobre a comoção que foi provocada pela doença e que causou tragédias comandadas por governantes e estratos sociais poderosos.

Para completar a pesquisa, o médico precisou buscar fontes no exterior e, por isso, classifica o seu livro como "bem elaborado". Ele também define o seu traço de expressão em todos os cinco livros já publicados: "o meu modo de escrever é irreverente, irônico, para mostrar o lado torto de cada questão".





Capa |  Artesanatos e outras artes  |  Cadastramento de notícias  |  Cipotânea - Fatos & Fotos  |  Congada  |  Descobertas  |  economia  |  Escolas  |  Espaço e ideias  |  fatos & contos  |  História da Regiäo Xopotó  |  Mande sua notícia  |  Política e Projetos!  |  Reconhecimentos geografia etcs
Busca em

  
92 Notícias